domingo, 15 de agosto de 2010

Como prevenir a celulite?

Antes que a celulite se instale, você pode entrar na briga contra esta inimiga. Alguns hábitos, incorporados ao dia-a-dia, podem ser bastante úteis:

- diariamente, após o banho, massageie as pernas e coxas com creme anticelulite. Os movimentos devem ser leves, circulares e ascendentes, desde o tornozelo até o quadril. O mesmo pode ser feito nos braços, indo até o ombro. O processo serve para mobilizar os líquidos acumulados;

- prefira saltos baixos: o uso de salto alto dificulta a circulação;

- respire corretamente, para ajudar a liberar toxinas, relaxar as tensões e auxiliar o sangue na sua função oxigenadora;

- a natação e a hidroginástica são as atividades especialmente aconselhadas no combate à celulite, porque trabalham toda a musculatura de forma harmoniosa, além de massagear os tecidos;

- caso prefira algum outro exercício, escolha um de menor impacto, mais moderado e sem movimentos bruscos, para não agredir os tecidos. Substitua, por exemplo, a corrida pela caminhada;

- sempre que puder, coloque as pernas para o alto, flexione e estenda os dedos dos pés, faça rotação externa, interna, flexão e extensão dos tornozelos, para facilitar o retorno venoso;

- quando ficar muito tempo em pé ou sentada, descanse um pouco com as pernas para cima;

- prefira as peças folgadas e confortáveis. Não use cintas redutoras, que dificultam a circulação venosa e linfática. As roupas justas também prejudicam a circulação;

- aumente a ingestão de frutas e vegetais crus e cozidos;

- troque frituras por assados ou cozidos;

- evite consumir açúcar refinado;

- evite sal em excesso: ele favorece o edema, fator importante no processo da celulite;

- evite refrigerantes e bebidas alcoólicas em geral;

- evite cigarro: a nicotina e o alcatrão aumentam a espessura dos vasos sangüíneos, dificultando a circulação;

- beba bastante água, para ajudar a eliminar as toxinas;

- coma alimentos ricos em fibras (cereais integrais, frutas, verduras), a fim de melhorar seu hábito intestinal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores